Tenho compulsão alimentar. O que fazer?

A compulsão alimentar é um problema grave de saúde. Muitas pessoas nem imaginam que têm este problema. Outras pessoas, mesmo que saibam, preferem esconder por vergonha ou sensação de fracasso e impotência.

Neste artigo, vamos falar um pouco mais sobre compulsão alimentar, o que pode ser feito para aliviar os sintomas e voltar a ter o controle desta situação. Se você sofre com este problema ou conhece alguém que precisa de ajuda, vale a pena ler o texto.

O que é a compulsão alimentar?

A compulsão alimentar é um tipo de transtorno que faz com que as pessoas que sofrem deste mal consumam porções exageradas de alimentos em qualquer horário do dia ou da noite.

Infelizmente, muitas pessoas ainda sofrem com esta doença. As mulheres, no entanto, são as mais atingidas. A maioria nem imagina que está sofrendo por um problema grave de saúde como este.

Os principais sintomas da compulsão alimentar são, além da ingestão exagerada de alimentos, a falta de saciedade, hábito de comer escondido, descontrole diante da comida, desconforto causado pela grande quantidade de comida ingerida.

O que causa a compulsão alimentar?

Quem sofre de compulsão alimentar usa a comida como uma maneira de aliviar emoções como a raiva, o estresse, a ansiedade, problemas com o corpo, insegurança e várias outras situações difíceis de lidar.

No entanto, o que era para ser um remédio deixa um rastro de culpa, sensação de fracasso, além de alguns quilos a mais na balança. O prazer é momentâneo. Já as conseqüências são desastrosas para corpo e mente.

Outro fator que pode desencadear a compulsão alimentar são as dietas restritivas. Ao cortar da alimentação, de forma repentina, um alimento que você consumia muito, a tendência é você voltar a ingerir este alimento de forma exagerada.

A melhor maneira de eliminar ou diminuir o consumo de determinado alimento é fazer isso de forma gradativa, aos poucos, até que o seu corpo se acostume e não queira recuperar o tempo perdido comendo como se não houvesse amanhã.

O que fazer para acabar com a compulsão alimentar?

Para acabar com o ciclo vicioso da compulsão alimentar, você deve, antes de tudo, ter consciência de que sofre desta doença. A partir daí, é muito mais fácil procurar ajuda e adotar hábitos que lhe deixem livre deste problema. Veja as nossas dicas.

  • Mantenha um plano alimentar

Tenha uma rotina de alimentação saudável. Deixe alguns alimentos prontos na geladeira, programe o que você vai comer na semana, inclua porções de carboidratos do bem, proteínas, legumes, frutas e vegetais, além de água.

  • Faça exercícios físicos

O exercício tira o estresse, inibe a ansiedade e o apetite exagerado, libera endorfina, que ativa o bom humor. Contribui para a perda de peso e ainda melhora a sua auto estima. Impossível sair de um exercício sentindo-se mal.

  • Tome chás calmantes

Chás de camomila, erva cidreira e maracujá são ótimos para relaxar e afastar o estresse, principalmente se tomados à noite, antes de dormir. Você vai ter uma noite de sono mais tranquila e sem chances de atacar a geladeira de madrugada.

  • Pratique a meditação

A meditação contribui para controlar o estresse e ansiedade, grandes causadores da compulsão alimentar. Aproveite o momento para fazer planos para a sua vida e agradecer pelo que já conquistou.

  • Tenha momentos de lazer

Não foque apenas no trabalho. Dedique uma hora do seu dia para sair, conversar com amigos, fazer algo que goste muito e faz você se sentir bem. Pode ser assistir um filme, fazer um passeio, encontrar alguém querido ou praticar um hobbie.

  • Descubra os motivos por trás da compulsão alimentar

Por que você tem ataques de compulsão alimentar? É estresse, raiva, ansiedade, medo, preocupação, insegurança? Seja honesta consigo mesma. Ao encontrar o motivo, trace estratégias para resolver estes problemas antes que se transformem em transtorno alimentar.

  • Mantenha a sua auto estima elevada

Gostar de si mesma, sentir-se bonita e confiante são fundamentais para manter a compulsão alimentar longe de você. Portanto, cuide-se. Não importa se você está acima do peso. Valorize o seu corpo, seu cabelo, ame-se do jeito que é.

  • Procure ajuda médica

Se nada que você faz traz resultados benéficos para você, não tenham medo e nem vergonha de procurar ajuda. Isso não é sinal de fracasso. Pelo contrário, é uma prova que você está lutando pela sua saúde física e mental.

Como você viu, a compulsão alimentar é uma doença que precisa ser diagnosticada e tratada o quanto antes. As conseqüências podem ser muito danosas não só para o corpo que sofrerá com acúmulo de gordura, como também para a mente, incapaz de lidar com tantas alterações de humor sem tratamento adequado. Se você está passando por isso, busque ajuda sempre.

 

 

Lidiane

Lidiane

Website:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *